Porque decidi apoiar Guilherme Boulos

Em primeiro lugar, parabenizo São Paulo por ter colocado no 2o turno dois projetos democráticos. Candidatos que se afastam do autoritarismo e dos desvarios do governo federal, mostrando que se preocupam realmente com São Paulo. Dois políticos que respeito.

Identifico pontos positivos em ambas as propostas e programas, e celebro o início de debates mais profundos e propositivos para que de fato possamos conhecer as ideias de cidade que estão colocadas. 

Ambos os projetos também têm pontos importantes que eu gostaria de ressaltar.

Em relação ao projeto do PSOL:

Eu não sou socialista e acredito que a parceria com a iniciativa privada pode realmente melhorar a administração pública. Também creio na melhora do ambiente de negócios como importante ferramenta de mudança social.

Tenho profundo compromisso com a Lei de Responsabilidade Fiscal. Sou favorável ao amplo diálogo com todos os setores da sociedade, desde movimentos sociais, associações de classe e empresas privadas. Inclusive com quem pensa diferente de mim.

Por outro lado, o PSDB, vem se distanciando de compromissos fundamentais como a transparência e o foco na criação de políticas públicas para quem mais precisa e do meio ambiente. Além disso, deixa de lado valores que são muito caros a mim e ao meu partido, como o da diversidade, e ainda pior, se aproximando do fisiologismo. A escolha do arco de alianças e do vice da chapa, sintetizam nossas diferenças.

O projeto de Boulos e Erundina não só resgata o compromisso com quem mais precisa, garantindo oportunidades iguais para paulistanos e paulistanas, como rompe com uma lógica de acordos e negociações prévias. Não é mais do mesmo para a cidade de São Paulo. Dentre as opções que estão no segundo turno, é o que mais se aproxima com a minha visão de cidade. 

Considerando que o diálogo é fundamental na construção de políticas que atendam as necessidade de toda sociedade, condicionei meu apoio neste segundo turno à candidatura do Boulos, desde que os seguintes temas, que são fundamentais para a próxima gestão na Prefeitura, fossem incorporados ao projeto original:

- Meio Ambiente e Saneamento Básico
- Primeira Infância transversal 
- Negócios Sociais
- Antirracismo e Equidade de Gênero 
- Educação de qualidade com foco em aprendizagem 
- Transparência e Gestão com responsabilidade fiscal
- Descentralização do poder 
- Participação na política 
- Diálogo amplo

A proposta de Boulos e Erundina para São Paulo concordou em considerar esses pontos como fundamentais no seu plano. Acredito que esta é a alternativa que melhor proporciona uma possibilidade de conectarmos a política com as pessoas pela esperança. Com inovação, juventude e uma construção limpa, sem amarras. 

Por isso que neste segundo turno eu vou de Boulos!


Aperta 50 e vem!

Por fim, eu sigo atuando como Deputada Estadual, defendo as pautas, valores e modo de fazer política que eu trabalhei durante toda a campanha. Convido vocês a acompanharem nosso mandato e participarem dessa construção.

 OU É 

 MAIS 

 DO MESMO, 

 OU É 

 MARINA. 

ENTRE EM CONTATO

Fale comigo no WhatsApp:

ou pelo e-mail: